Gostou de algum artigo? Quer usar alguma imagem ou post? Clique aqui e saiba como fazer:

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

sábado, 18 de abril de 2009

O Código Da Vinci



Ficha técnica: BROWN, Dan. O Código Da Vinci: edição especial ilustrada. Rio de Janeiro: Sextante, 2005.

Original: The Da Vinci Code: Special Illustrated Edition

Preço: R$ 21,90 a 25,00 No Submarino, dependendo a promoção, de R$ 29,90 por R$ 19,90 nas Americanas.

******************************************

Então... não espere muitos comentários técnicos a respeito desse livro - que nem é meu, é da minha mãe, mas eu deixo na minha estante. Ele é só uma desculpa pra puxar um outro assunto, mais pro final do post.

Não acho que Dan Brown seja literatura inútil, ou mereça menos méritos do que qualquer outra. Tem gente que gosta de coisas mais aprofundadas, tem gente que já tem problemas demais na vida e prefere se divertir e se entreter com os livros. Estou com os pés nas duas coisas. Mas o pé direito está na diversão. E, no quesito entretenimento, acredito que Dan Brown seja realmente um mestre: como fazer os acontecimentos de um ou no máximo dois dias renderem um livro inteiro? O Dan Brown consegue.

"O Código" foi o primeiro livro dele que eu (e a torcida inteira do Flamengo) leu. Todos estão cansados de saber da história, já tem até filme (com o Tom Hanks e aquele cabelinho ridículo - mas o Tom Hanks póóóóódji). Só gostaria de acrescentar então a pesquisa fabulosa do autor, com detalhes e informações minuciosas sobre os lugares e obras mencionadas ao longo do livro.

É exatamente o ponto onde eu queria ter chegado. O "Dan" (saca a proximidade) foi tão minucioso e detalhista em sua pesquisa; e entrelaçou a trama de uma maneira tão perfeita, que conseguiu enganar muita gente despreparada por aí.

Despreparada porque tem a cabeça pequena, né. Despreparada porque não está acostumada a ler, e quando lê, lê porque está na moda (best seller da Veja, ó, eu li!). Daí, quando se depara com uma pesquisa tão detalhada como as que o Dan costumava fazer, o que acontece? O que? Acredita em tudo o que lê. É convencido tão facilmente que eu até começo a entender porque, no século XXI, tanta gente ainda acredita em certas teorias cientificamente derrubadas, em políticos cara-de-pau...

São tão tapados, mas tão tapados que são capazes de organizar piquetes em frente á igreja, ou em frente á editora de livros pra se manifestar contra o que chamam de blasfêmia. Pffffffffffff... cômico, se não fosse trágico. Trágico, sim... porque me dá medo ver que existe tanta pessoa no mundo com uma cabeça tão fechada pras coisas óbvias. Não consegue enxergar um palmo na frente do nariz, porque não sabe usar o cérebro corretamente.

Me assusta ouvir minha aluna contar, toda indignada, que várias colegas dela discutiam História e Religião e TODAS afirmavam que preferiam acreditar na História que é contada nos livros, do que questionar. "Se está no livro, é porque é verdade". Assim como minha aluna, eu também não consegui entender como é que gente que está com o pé na universidade (universidade = espaço de discussão de idéias) pensa dessa forma. Imagina os pais que essas pessoas vão se tornar? Imagina os filhos (monstros) que essas pessoas vão parir? Que nojo!

MEDO. MUITO MEDO. TENHAM MEDO de gente que não é capaz questionar a si e aos outros. Por que são essas pessoas encostadas e preguiçosas as responsáveis por eu e você termos que nos submeter a padrões sociais nos quais não acreditamos, nos submeter a políticas ecônomicas e sociais com as quais não concordamos...

Pago pau sim pro Dan Brown. Não é a melhor das melhores literaturas, mas é uma boa fonte de diversão e entretenimento - você não consegue desgrudar do livro enquanto não souber o final, FDP! E além de prender o leitor, ele também tira um sarro dos trouxas que não sabem diferenciar ficção de realidade, não sabem diferenciar uma literatura baseada em pesquisas históricas de uma produção historiográfica.

Pensar cansa, néam!

1 comentários:

Morgane Le Fay disse...

Nossa, isso realmente eh muito trágico, a cpacidade q as pessoas tem de nao enxergar um palmo a frente do nariz, não questionar e acrediar em tudo q veem ou leem..
Me indguina toda essa polemica q foi feita em torno da historia, principalmente depois q ela virou filme...
A igreja ficou mordidinha com as supostas Blasfemias do autor,que segundo esse diz que suas teorias não são furadas,q resultou em teologos escrevendo livros que rebatem as ideias do Dan...
Mas pra mim foda-se
éh soh mais uma ficção, se eu vou ta me preocupando se jesus teve filho ou não...etc etc
Mas, q as muitas pessoas costumam levar tudo o q veem ao peh da letra,isso eh FATO..

Ahhh e o Código foi o último qeu li
do Dan, digo comecei..foi o unico q não acabei,Acho q o primeiro foi Anjos e Demonios, mas não lembro mesmo...Mas eu gostei dos livros dele pq me prende muito a leitura...
Agora tem A Chave de Salomão, mas ñ li nada ainda sobre o livro, não sei se ja foi lançado, n sei a quanto andas...